quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

1° Capítulo - E hoje é o dia das conversas!


- Sim Miley! Eu adoraria muito ir te visitar nesse verão, mas não vai dar. Meus pais disseram que estamos sem dinheiro pra poder pagar uma passagem de avião. Você sabe... Nova York não é vizinha de Los Angeles. – lá estava eu, jogada na cama, conversando com a minha melhor amiga pelo telefone. Há quatro anos atrás, quando eu tinha 13 anos, eu morava em L.A., mas infelizmente, tivemos que nos mudar para Nova York, tudo por culpa do trabalho estúpido do meu pai.
 - Ah Demi! Poxa... É rotina! Você vem pra cá todo verão, desde que se mudou!
 - Eu sei Mi... Eu sei. Mas a situação aqui não é a mesma! A empresa do meu pai fechou, e estamos meio que... Hm, sem dinheiro. – eu limpei a garganta.
- Tudo bem né... – Miley já estava bufando, e estava prestes a chorar. Morei em Los Angeles dos 6 aos 13 anos! Poxa, eu conhecia minha amiga muito bem! Eu podia enxergar a sua fisionomia e o jeitinho com o qual estava batendo os pés no chão. – Vou conversar com meus pais e ver se dessa vez eu posso ir ai pra te visitar.
- Tudo bem! Ai vai ser tão legal se você vier! – eu sorri e rolei na cama. – Você vai conhecer minha casa, o jardim. A vizinhança. Nova York é tão linda.
 - Eu sei, eu sei o quanto Nova York é legal. – ela riu. – Mas agora eu tenho que desligar D. – ela tinha a mania de me chamar de “D”. – Minha mãe está me chamando para ir lavar a louça. Sabe como é né. – ela riu. – E depois vou ir me encontrar com Joe e Nick.
Prestei muita atenção nos nomes. Eles me eram familiar.
 - Jo-Joe e Nick? – eu disse, gaguejando.
 - É, Demi. Não se lembra? Eles estudavam com a gente. Éramos o quarteto. Eu, você, Joe e Nick. Éramos melhores amigos, mas você se mudou, e talvez eles não se lembrem mais de você. Você até tinha uma quedinha por Joe, se lembra? Pois então. – eu tentei a interromper, mas ela não calava a boca. É, essa era a minha melhor amiga. – E meu Deus amiga, você precisa o ver! Ele está SUPER, HIPER, MEGA, MUITO MAIS GATO do que há quatro anos atrás! – ela estava histérica. – Ah, e se lembra também do irmão mais velho deles, Kevin? Pois então, ele está namorando, parece que vai noivar, não sei bem. Deus, eu preciso te contar tantas coisas... Hm, Talvez Joe e Nick não se lembrem muito bem de você. Aliás, em todas as outras vezes que você veio aqui, eles estavam viajando com os pais... – e eu finalmente, consegui a interromper.
 - MILEY, CHEGA! – eu estava sem fôlego por ela. – Meu Deus, você, você fala demais! – rimos juntas.
- Não reclame Demetria. Essa é a sua amiga. A sua velha, bela, e tagarela melhor amiga. – ela não se gabava nem um pouco, imagina. – Mas então... Se lembra deles? – ela falava com um ar malicioso. Provavelmente, a malicia era por conta da minha “queda” por um dos Jonas.
 - Sim. – eu ri. – Eu me lembro deles. E me lembro também da minha “quedinha” pelo Joseph. – ela riu.
- Não conseguiu o esquecer, não é? – ela disse, rindo.
 - MILEY! As coisas mudaram... Eu... Eu não sou mais aquela garotinha ingênua que se apaixona por qualquer garoto que a trate bem.
 - Sei. – ela riu.
 - Pare. E poxa, ele era muito mulherengo.
 - E ainda é.
 - Está vendo? Nenhum homem consegue mudar. O único daqueles três que se salva é o Kevin. – disse, por fim.
 - Ei! E o Nick?
 - Ará! Me lembrei agora Senhorita Cyrus. Alguém aqui tinha uma quedinha pelo Nicholas Jerry Jonas heim. – eu ri.
 - E talvez eu... Eu ainda tenha... – ela tinha ficado sem graça.
 - Miley! Me escondeu isso o tempo todo? – eu ri.
 - Eu... Eu tenho que ir! Tchau.
E obviamente, a mania de desligar na cara dos outros, Cyrus não havia perdido.
Joguei o telefone na cama, logo depois de levantar. Eu estava rindo por conta da conversa com Miley.
Saí do quarto e fui até a cozinha tomar um copo d’água, e minha mãe me parou.
 - Demi, eu e seu pai precisamos conversar com você.
Não sei se já comentei, mas Eddie não era mesmo meu pai. Era meu padrasto, mas eu o considerava como se fosse realmente da família.
 - Am... Tudo bem.
Fomos até a sala. Meu pai estava lá, sentado no sofá.
 - Demi... Temos que ter uma conversa séria com você. 

...

Aí está o primeiro capítulo! Pensei que não fosse conseguir postar hoje, mas, é, eu consegui! Haha. Espero que gostem. Comentem, e se puderem, divulguem o blog! 
xoxo.

7 comentários:

  1. Awwwwwwwwwwww Babi *---*
    Que ti lindo
    "E obviamente, a mania de desligar na cara dos outros, Cyrus não havia perdido." então né, eu nunca fiz isso com ninguém ~cof cof~
    Ah e sobre o post ali de baixo eu sei que vc me ama e tal mas não precisa falar tati a cada 10 palavras digitadas haushuahsuhuhausa - nnn
    Posta logo
    Beijemis minha dramatica briguenta ;*

    ResponderExcluir
  2. Ele vai deixar ela ir?
    Posta Logo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. QUE PERFEITO!!!
    Que mal costume esse da Miley, de desligar na cara dos outros...
    O que que eles vão falar pra Demi? Será que eles vão voltar pra Los Angeles?
    OMG! Que curiosidade!!!
    POSTA LOGO, por favor!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  4. ahhhhhhhhh que coisa mais perfeita gnt, agora não podi deixar a gente curiosa, posta logo o segundo ): kkkk já tô adorando.

    ResponderExcluir
  5. AAAAAAAAAAAAH , Ameei Nova Seguidoora \ô/ , Perfeitoo Poosta logo *-*

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH
    A BABI ESTÁ DE VOOOLTAAAA ~SoltemFogos~
    \Õ/
    PEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEERRFEEEEEEEEEEEEEEEEEEIIIIITOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO.....
    AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH COMO EU TAVA COM SAUDADES DAS SUAS FICS E DE VOOCÊ..... *__*
    POOOOOOSTAAA LOOGOOO
    BEIJOOOSS!!


    @LarissaaLovato

    ResponderExcluir
  7. Selo para você!!! http://fireagainstfire.blogspot.com/p/selos.html

    ResponderExcluir